Dinâmica do povoamento e Organização do Espaço Geográfico

A explicação para a forma de ocupação do espaço geográfico brasileiro está na medida que o mercado mundial demandava produtos com possibilidades e vantagens concretas de exploração, o que levou a implantação de várias atividades exportadoras justificando não somente a forma de ocupação do Brasil, como, simultaneamente, a construção de sua diferenças regionais.
Foi composto, até a década de 50, pelo chamado “arquipélago econômico”, isto é, regiões econômicas isoladas entre si e voltadas para atender as necessidades do colonizador europeu.

Uma das consequências desse modelo de ocupação do território brasileiro são as formas e as marcas diferenciadas deixadas no extenso território nacional conforme se desdobravam os diversos ciclos econômicos voltados para exportação.

- O ciclo do ouro em Minas Gerais representou o processo de integração e de articulação do interior do território, e de afirmação da própria nacionalidade brasileira.

- O adensamento inicial da população ao longo do litoral brasileiro é explicado pela forma como se distribuem os grandes planaltos e planícies. A presença de escarpas abruptas do Planalto Brasileiro, próximas ao mar, em grandes extensões do litoral sudeste, constituiu, no passado, uma barreira natural à penetração do interior do país.

- A visão de “arquipélagos econômicos” começou a se desfazer pela contínua interiorização do cultivo do café no oeste paulista e das demais atividades agrícolas induzidas pela sua expansão.
O deslocamento do café pelo Vale do Paraíba fluminense, até atingir o planalto paulista, representou o primeiro grande movimento de desmatamento em direção ao interior do país.

- Nesse contexto de expansão econômica, os rios constituíram “caminhos naturais” de penetração para o interior do continente, modelando as suas margens com surgimento de núcleos urbanos e a expansão agrícola próximo às suas margens.

- O movimento de integração do espaço geográfico nacional necessário à formação e ampliação do mercado interno foi viabilizado pela construção de uma rede técnica, isto é, na expansão de rodovias e na geração/distribuição de energia a partir da segunda metade da década de 50 e, mais intensamente, nos anos 70.

- A criação de Brasília, nesse período, altera não apenas o mapa político do país como também cria uma rede de circulação nacional, favorecendo à ampliação do mercado interno além de servir de plataforma de penetração ao espaço amazônico, impactando, diretamente, seus frágeis ecossistemas florestais.

------------------

Fonte: Clique aqui, champsú!

PS: Um dos problemas das apostilas do governo (acho que muita gente já reparou nisso) é a repetição de tarefas, tem sempre uma pesquisa na Situação de Aprendizagem seguinte àquela que você tinha acabado de ver que pede a mesma coisa. De certa forma até ajuda a fixar o conteúdo, mas irrita, enche o saco e faz a gente perder tempo pra cacete.

Além disso, os assuntos são difíceis de pesquisar, as fontes são poucas e os trabalhos sempre saem mais ou menos iguais. No caso desse tópico, por exemplo, o assunto é consequência dos ciclos econômicos que eu ACABEI DE POSTAR, o que poderia ter sido pedido em uma única pesquisa pra economizar tempo e choradeira.

Quando isso não acontece, as atividades são tão ridículas e repetitivas que até um aluninho do pré poderia responder sem dificuldade nenhuma...
Por essas e outras eu detesto os Cadernos do Aluno!!!! =D

PS²: Só para explicar - estou fazendo a DP de Geografia da Fádua, não vejo nenhum problema nisso porque aí eu também reviso o conteúdo do ano passado.
Aliás, acho que vou fazer todas as DPs que estão no quadro de avisos da escola e talz, inclusive já me ofereci para fazer a de Biologia do Marcos mesmo.

5 comentários:

Matheus 17 de março de 2011 10:23  

Obrigado!
Texto muito útil =D

Anônimo 19 de abril de 2011 15:31  

zxczx

Anônimo 25 de março de 2012 16:06  

Muito bom ... Parabéns ! *..*

Kerolaine Cristina 14 de março de 2015 12:56  

muito obrigado era que eu tava procurando valleu mesmo me ajudo muito

Anônimo 24 de março de 2015 04:35  

obrigado pelo excelente texto, agradeço desde já

Postar um comentário

Seu comentário é importante!! =D

Sobre mim!

Juliana Fernandes, estudante de 18 anos com sérios problemas mentais, inaugura seu 123343º blog, desta vez com o intuito de reunir o máximo de informação possível para o vestibular (e coisas mais!)
Junto ao seu fiel parceiro invisível, sem nome e inexistente, ela continua sua árdua tarefa de manter-se atualizada para não levar mais tapas da profª de Matemática de Pinhal City, a roça!!
Não perca o próximo capítulo dessa incrível aventura!!


"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento."

- Clarice Lispetor


Tigrão do zoo de São Paulo!
Tecnologia do Blogger.

Seguidores~

Pesquisar...