Plásticos e Borracha de Uso Industrial

Monômeros: do grego "mono" (um) e "meros" (parte) é uma pequena molécula que pode ligar-se a outros monômeros formando moléculas maiores denominadas polímeros.

Polímeros: são compostos químicos de elevada massa molecular resultantes de reações químicas de polimerização. Os polímeros são macromoléculas formadas a partir de unidades estruturais menores - monômeros. Os polímeros , dependendo do número de monômeros, podem ser chamados de "dímeros", "trímeros", ... se tiverem 2, 3, 4, ... monômeros respectivamente. Qualquer número de unidades de monômeros nos polímeros mais simples podem ser indicados pelo prefixo apropriado. Quando o polímero é muito extenso prefere-se utilizar o prefixo "poli", por exemplo, polietileno.

Monômeros: ... + A + A + A + A +... => ... - (A - A - A - A)...

Plástico: são meteriais orgânicos sintéticos, de constituição macromolecular, dotada de grande maleabilidade (que apresentam a propriedade de adaptar-se em distintas formas), facilmente transformável mediante o emprego de calor e pressão, e que serve de matéria-prima para a fabricação dos mais variados objetos: vasos, toalhas, cortinas, bijuterias, carrocerias, roupas, sapatos, etc. A matéria-prima dos plásticos é o petróleo.

Exemplos de monômeros são os hidrocarbonetos, derivados do petróleo, do tipo alcanos e alcenos. Os hidrocarbonetos como o estireno e etileno reagindo em cadeia formam plásticos como o poliestireno (reação em cadeia do estireno) e polietileno (reação em cadeia do etileno). Esta reação em cadeia entre os monômeros formando o polímero é chamada de polimerização.

Polimerização: A polimerização é uma reação em que as moléculas menores (monômeros) se combinam quimicamente para formar moléculas longas, ramificadas ou não. A polimerização pode ser reversível ou não e pode ser espontânea ou provocada (por calor ou reagentes).

Classificação dos polímeros:

1) Quanto à ocorrência

a) Poímeros naturais (os que existem na natureza)
Ex: proteína, celulose, amido, borracha, etc.

b) Polímeros artificiais (obtidos em laboratório)
Ex: polietileno, isopor, etc.

2) Quanto às aplicações industriais

a) Elastômeros: possuem propriedades elásticas.
Ex: borrachas (naturais ou sintéticas).

b) Plásticos: são sólidos maleáveis ou não.
Ex: PVC, poliuretano , polietileno, etc.

c) Fibras: quando se prestam à fabricação de fios.
Ex: nylon, poliéster, etc.

3) Quanto à estrutura

a) Polímeros lineares: quando a macromolécula é formada por uma cadeia linear de átomos.

b) Polímeros tridimensionais: quando a macromelécula se desenvolve em todas as direções.

4) Quanto a obtenção

a) Polímeros de adição: esse tipo de polímero é formado pela adição de moléculas de um só monômero.

b) Copolímeros: esses polímeros são formados a partir de dois ou mais monômeros diferentes.

c) Polímero de Condensação: esses polímeros são formados a partir de monômeros iguais ou diferentes, havendo eliminação de moléculas simples.

5) Quanto a propriedade mecânica

a) Termoplástico: quando sujeito à ação de calor, facilmente se deforma podendo ser remodelado e novamente solidificado mantendo a sua nova estrutura. Por isso, é um material reciclável. Exemplos: polipropileno, polietileno, o PVC, entre outros.

b) Termofixos: são plásticos cuja rigidez não se altera com a temperatura, diferente dos termoplásticos que amolecem e fundem-se. A determinadas temperaturas, polímeros termofixos se decompõe. Esta impossibilidade de fusão dificulta o desenvolvimento de um processo adequado de reciclagem destes polímeros. São solidificados com aplicação do calor e não amolecem mais, ao contrário dos termoplásticos que utilizam o calor para a sua possível modelagem.

c) Elastômero: são polímeros, que na temperatura ambiente podem ser alongados até duas ou mais vezes seu comprimento e retornam rapidamente ao seu comprimento original ao se retirar a pressão. Possuem, portanto, a propriedade da elasticidade. Comumente são conhecidos como borrachas.

6) Termoplásticos de baixa resistência

Conforme o tipo de polímero utilizado, o termoplásticos apresentará características distintas com relação à sua cor, resistência térmica, elétrica e mecânica.

PE - Polietileno
PP - Polipropileno
PS - Poliestireno
PVC - Policloreto de vinila
ABS - Acrilonitrila-butadieno-estireno
PTFE - Tetrafluoretileno

7) Termoplásticos de alta resistência

PA - Poliamidas
PC - Policarbonato
POM - Poliacetal

--------------

Plásticos são fodas...
Ah, só acrescentando: a matéria de Tecnologia dos Materiais e Processo se estendeu até uma parte do 2º módulo por causa de algumas aulas atrasadas (feriados, essas coisas), portanto esse é o último tópico, fechei o conteúdo =D

1 comentários:

Anônimo 18 de maio de 2011 22:12  

Gostei do seu blog...
Excelente!! =D

Postar um comentário

Seu comentário é importante!! =D

Sobre mim!

Juliana Fernandes, estudante de 18 anos com sérios problemas mentais, inaugura seu 123343º blog, desta vez com o intuito de reunir o máximo de informação possível para o vestibular (e coisas mais!)
Junto ao seu fiel parceiro invisível, sem nome e inexistente, ela continua sua árdua tarefa de manter-se atualizada para não levar mais tapas da profª de Matemática de Pinhal City, a roça!!
Não perca o próximo capítulo dessa incrível aventura!!


"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento."

- Clarice Lispetor


Tigrão do zoo de São Paulo!
Tecnologia do Blogger.

Seguidores~

Pesquisar...