De volta!!!

Aaaaaeee, caraio!!!!

O técnico apareceu e instalou a bagaça do modem!!!
Agora estou de volta, com toneladas de trabalhos e posts educativos atrasados!!! Será que algum dia ainda conseguirei ficar de boa com as matérias??

O Formare agradece ao Sr. Técnico pela boa ação - agora poderei fazer trabalhos decentes sobre Compostagem, Comunicação e Relacionamento, e Trabalho e Juventude!!

Falando nisso, estou morrendo de sono, mas no mais o dia foi bom (até agora, porque daqui a pouco já terei que sair de novo, para a escola comum e sem graça Juca Loureiro, exemplo clássico de como uma instituição de ensino NÃO DEVE SER).


Estou indignada até agora sobre o episódio de ontem, quando me negaram um caderno do governo que estava precisando para prosseguir meus estudos e anotações, uma vez que os outros já foram pro beleléu. Gostaria muito de saber o que fazem com os materiais nossos que NÃO ENTREGAM - talvez destinem os cadernos para anotações importantíssimas sobre o número de coxinhas e balas que vendem na quantina por dia, vai saber!! Afinal, TODOS NÓS SABEMOS DA IMPORTÂNCIA DAS MALDITAS BALAS E COXINHAS, é claro!!!

Querem saber?? Enfiem no cu todas as apostilas, cadernos e livros que vocês escondem, se é que já não estão lá!!!

Não pude comentar direito sobre o Formare no post passado, por motivos já ditos (e também por falta de graninha, não é...?)

O Formare é tipo uma escolinha dentro da Delphi Automotive Systems de Espírito Santo do Pinhal, um projetinho da leva "somos do bem, diminuam os nossos impostos!!", se é que me entendem. Estudo no Juca Loureiro com algumas pessoas que já fizeram o curso no último ano e, apesar das críticas negativas, resolvi testar o negócio (tanto pela bolsa auxílio para meu pé de meia da faculdade, quanto pelo que posso aprender lá dentro).

Não é uma escolinha com a qual estejamos acostumados, afinal organiza-se em uma série de disciplinas que nunca vi na minha vida, voltadas para os Recurosos Humanos, Engenharia, espírito industrial e essas coisas de uma big empresa. Fiz um punhado de testes para ser selecionada e até que gostei da 1ª semana - festinhas, apresentações, voluntários educadores bacanas e comida de graça. A maioria do pessoal da turma eu não conhecia e, apesar de ter sido um tapa da cara de Pinhal, achei o pessoal de Andradas muito mais interessado no negócio do que os daqui, além de ter conseguido, surpreendentemente, me enturmar um pouquinho com eles - eu, o bicho-do-mato-silvierense.

É meio estranho passar pela linha de produção para chegar à sala todos os dias, dá uma certa aflição ver tanta gente, pelo óculos de segurança, torcer fios e conectá-los em trecos que nunca tinha visto também (a Delphi de Pinhal faz chicotes), além de ser alvo de certos palavreados dos operários - e é daí que se tem a ideia exata de que somos os bichinhos de estimação da empresa. Entretanto, é fato que somos aqueles que mais temos contato com os peixões de lá (morram de inveja, esticadores inúteis de fios!!!!).

O restaurante é um capítulo a parte; idiota e caipiresca que sou, até hoje detesto comer perto de outras pessoas, imaginando que colocarei pelos ares algum bife na tentativa de cortá-lo, ou então deixar cair o prato de salada (por que diabos se usa um prato pra comida e outro só pra salada???), porém acredito que ainda não cheguei ao nível forçado de cortar fatias de presunto minúsculas, como a louca da Aline na festa de formatura da turma do ano passado!!

Por enquanto estamos deslumbrados com a eficiência do cursinho, mas até quando?, eu me pergunto... Para haver tantas críticas ao Formare dos dois anos anteriores ao menos deve ter alguma coisa bem feia por trás disso.

Procurarei observar o andamento do negócio!! Fato é que logo no 1º dia perdi o ônibus, porque me falaram o ponto errado, e que durante 3 dias ele atrasou em nos levar para casa (aliás, nem apareceu, só que dizem que estava quebrado!! Seria uma tática?)

Ciao!!!

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é importante!! =D

Sobre mim!

Juliana Fernandes, estudante de 18 anos com sérios problemas mentais, inaugura seu 123343º blog, desta vez com o intuito de reunir o máximo de informação possível para o vestibular (e coisas mais!)
Junto ao seu fiel parceiro invisível, sem nome e inexistente, ela continua sua árdua tarefa de manter-se atualizada para não levar mais tapas da profª de Matemática de Pinhal City, a roça!!
Não perca o próximo capítulo dessa incrível aventura!!


"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento."

- Clarice Lispetor


Tigrão do zoo de São Paulo!
Tecnologia do Blogger.

Seguidores~

Pesquisar...